Happy New Year

14:10 Lauana Buana Fidêncio 0 Comments



E se seus ossos se quebrassem como a fina camada de outono que se acomodou sobre a cristaleira?! Absorta do tempo e da urgência asséptica de Magdalena e seus espanadores, apenas banida no sem-cerimônia branco das velhas beatas! E se sua frágil matéria fosse apenas espanada para o ignoto e ínfimo amontoado das poeiras e pequenas sujidades das casas asseadas?

E se sua mais secreta esperança fosse a imprudência de ter esperanças à janela de um sol que não amenizava os canceres da raça? E se o indefinido tivesse o peso e a carne de uma ameaça direta?

E se a queda vertiginosa nunca cessasse? E se a vertigem apenas tomasse nuances de calma no pérfido intento de tocaia, para apunhalar a facadas certas uma alma desguarnecida de muros, rasgando lhe no abrupto da descoberta, ali no ponto irremediável e fatal do engano, no momento em que um ser sabe de si que está frente a frente com a eminência da queda...

0 comentários: