Meio Sorriso de Desencanto

23:16 Lauana Buana Fidêncio 0 Comments



Empertigou-se, mexeu desconfortavelmente na cadeira... era tão difícil ter algo de relevante e bem sonante para dizer!
Deus! Ela era só uma pessoa, e as pessoas são insuportavelmente irrelevantes, principalmente nos dias de semana.
E de onde vinha a implícita obrigação de ser sempre interessante?
Poucas foram às vezes em que o mundo mostrou-se relevante, em réplica. Mais das vezes ela ficou de cara para a parede, esperando uma resposta, uma solução intrincada e com uma boa carga de moral de final de contos de fadas incluída!
Até que desistiu, abdicou e tomou para si um leve manto de silêncio. Afinal, desde o começo do mundo que o silêncio cai bem aos homens, e às mulheres bem mais, por supuesto!
De resto, o mundo levava dela não mais que um leve olhar de troça e meio sorriso de desencanto, nada mais do que isso dispensava agora ao oco tedioso do mundo.

0 comentários: