Corrente de Humboldt

20:51 Lauana Buana Fidêncio 0 Comments





Já sentiu frio?

Frio de um tipo medular e arrevesado, glacial e soturno, frio de manhã de inverno, mas de manhã de inverno dobrada em facas e agulhas, manhã de se enfrentar com o medo desalarmado de quem se vê à beira... e à beira de algo significativo, quase descomunal, assim como uma queda ou um arrebol.

Sim, já sentiu frio...

E sobreviveu também a isso. Deu de si para si mesma a prova cabal de que tinha muito cálcio no cerne dos ossos.

E como prêmio, os louros de saber-se mais forte que o próprio trincar dos dentes, entrementes a miséria de herdar-se estragada, em meio a ganas e cismas, em meio a ímpetos e cinzas, a mercê daqueles ventos vindos dos extremados frios de outrora. 


0 comentários: