Diagonais sobre Abismos

18:10 Lauana Buana Fidêncio 0 Comments




Então, diante da pergunta que era mais uma provocação, respondi a verdade... e a verdade mais pura e simples, quase inconfessável, justamente por ser tão pura e tão simples.

Recebi votos de boa sorte, um abraço sincero de quem sinceramente compreende que existem ainda algumas verdades que valem muito em certos momentos da nossa vida. Recebi mais que merecia, afinal, a verdade é sempre inconveniente, especialmente nas ocasiões em que não se conta com a possibilidade de que ela surja desabaladamente.

Mas, não senti que fora o bastante aquele assentir, ali quando o que eu mais queria era a comunhão.
Todavia, era exatamente para a comunhão que faltava tempo...

E eis que fiquei ali, com o copo na mão e o coração aberto... ali oferecendo a fragilidade mais descomposta do mundo, de olhos suspensos aguardando uma resposta que consolasse, perdoasse e me encorajasse numa única sentença.

Ao menos, veio-me em resposta um sorriso...






0 comentários: