Venho de ter quase morrido de novo...

22:48 Lauana Buana Fidêncio 2 Comments

É... pois é, meus amiguinhos morrer é mais fácil que dizer: "Meu irmão me vê aí um cigarro por favor?!"
Mas o pior é a sensação de que a morte está no pé da cama espreitando, aquela vaquinha descarnada. Febre é meu inferno particular, num sei bem porque mas me exaspera a sensação de estar auto-cozinhando a mim mesma, acho o cúmulo do torpe em matéria de sofrimento humano... mas e daí né?!
Vamu que vamu morrendo ou resfolegando, subindo as ladeiras ou despencando das escadas da vida... pedindo a Deus pra aliviar na dose de filhadaputagem do mundo pra que a gente possa sair da cama, quando não estamos morrendo, com um pouco de esperança. É que hoje eu sou uma rapariga redimida de mim, hoje nada de lamentar a incúria, a injúria e a penúria que é essa arte de estar aí na atividade, de estar vivendo. Sério que estou sendo otimista, vcs num viram o estado das minhas veias, esse é outro dos inconvenientes de estar a morrer, sempre saio dessa merda com as veias de quem foi fazer figuração naquele filme "Requiem para um sonho", e é tanto pico sem nem mesmo a parte descolada da história, é pois o Inferno na alma e na veia, Háaa!!! 
__Háaaaa!!!
Esse é o meu risinho blasé mes amies!! Ando blasé agora que voltei a andar, juro, estou até fazendo beicinho agora que parei de tremer de febre...
Mas a parte disso, que é o humor e o melhor que existe em mim, parei mesmo nessa semana de zumbie pra pensar na morte da bezerra e na minha __ que, segundo a cara que minha irmã fazia, estava mesmo ali na beira da porta__ e conclui algumas coisas sim sim... Cheguei a conclusão que preciso sair mais à rua, preciso ver meus amigos, preciso mandar aquele abraço ao poeta que não vejo desde muito e muito, preciso comprar flores, preciso cortar o cabelo e fazer as unhas, preciso mandar qualquer idiota que me cerca pra puta que o pariu caralho e preciso beber umas cervejas com os irmão...
Preciso dizer que amo aqueles bons amigos que amo, porque um dia a febre vai efetivamente me cozinhar.

2 comentários:

Velharia disse...

Cozinha não, febre é ruim sim, mas se ela não vier é pior. febre é um sinal que nada vai bem. sem febre a gente morria e pronto. não é uma caso para da febre gostar, mas é pelo menos que na proxima vez você pense de outra forma: Isso não vai me matá.

Lady Salieri disse...

Mas as flores você manda, debaixo das saias das coisas tudo é código mesmo =)