Quando o poeta, digo eu, caio do andaime

18:10 Lauana Buana Fidêncio 4 Comments

Na verdade menti, não se trata dele, não havia ele nenhum, havia eu, eu que tenho passado tempo demais olhando pro meu Aurélio, eu que decidi escrever um romance pra adiar o fato de que preciso arranjar um emprego, eu que não sou corcunda nem míope, mas que me sinto concunda e míope, eu que mesmo sendo especialista em palavras esdrúxulas não encontro uma que defina essa nossa tola predileção pela escrita, essa necessidade inorgânica, essa maldita fome de predicados suculentos. Eu apenas eu, eu que não sou ele, a não ser quando escrevo, aí sou qualquer um que quiser, inclusive ele e tu e vós e nós todos... Eu que sou apenas uma rapariga que precisa fazer as unhas, e que precisa urgentemente de uma resposta, de um milagre ou de algo que justifique essa escolha tão mal paga.
__ Por que? Pra que?
__ Não sei... sei apenas que se tento não escrever e saboto meus papeis e escondo minhas canetas, acabo escrevendo no guadanapo, na parede, nas costas da minha mão, acabo escrevendo na calçada com um caco de telha, acabo enviando uma mensagem de texto com um verso de amor...
Não tem porque nem paraque, não tem nada... só um vazio que dói menos quando o ponto avisa que há um silêncio no fim do parágrafo...
Sim, eu que sinto a dor e vejo o azul-arroxeado dos hematomas, sim, apenas eu que cai do andaime de cara no chão e perdi junto com meu lirismo dois dentes da frente, eu que me alenvantei todavia e escrevi isso numa folha e sorri desdentadamente na frente do espeho...
Sim apenas eu, moi, euzinha, uma donzela em apuros diante da folha em branco, uma Cinderella sem fada madrinha, uma mulher que escreve... e que francamente, realisticamente assume que isso tudo é de muito risco e de bem pouca serventia, pois sim...

4 comentários:

Velharia disse...

Coisas sem serventia são desafios para nossa mente.

Lady Salieri disse...

Um "eu" que acaba explodindo em pó obliquamente brilhante, e entra na pele de todo mundo =)

Lady Salieri disse...

Eu de novo, haha. Vc é uma espécie de lexotan pros meus bloqueios haha. Eu leio as coisas e automaticamente sei o que quero mostrar =)

ola
estou explorando
e divulgando meu blog
adorei o seu
seu geito de pensar...
adoreiii
voltarei mais vezes
quando quiser me visita
sera bem vinda
http://pedagogacliceli.blogspot.com/
abraçs