Sintaxe do verbo Haver

18:14 Lauana Buana Fidêncio 2 Comments

Ter que ser!
Um destino desola
Pois quem?

__Querido Deus poderia dar-me
outras mãos que não estas que me destes?
É que estas estão muito estragadas...

[Deus, o interlocutor mais chocho do ocidente!
Exige tudo o que pode aquela função fática:
Alô?!... Alô??!!  ....]

O que peca em mim é falar
Em pecado...

Ter que ser
Um destino exige
Pois quem?

__"O anel que tu me deste
era vidro e se quebrou..."

[Alôo?!! ... Alôooo?!!]

Há que se interpretar os sinais!
O monte Sinai da nossa comunicação
Eram  os cacos de vidro
Ou os sinais de pontuação?

__O travessão é um hífen estendido
Cacos de vidro machucam a sola do pé.

Ter que ser...
Um destino inibe
Pois quem?

E não me exija Leon!
Minha mão está presa:
Síndrome do túnel do carpo do estilo,
Rimas ABAB ou ABBA nas quadras?
Reflexão ou remissão nos sonetos?

[Alôoo??? ...  Alôoooo!? ...
...]

2 comentários:

Velharia disse...

Quando meu melhor livro de ler é um blog, sempre vou exigir igual a propaganda de Tang."Quero mais!"

Velharia disse...

"James, a lauana e esta sem poesia e e menino está com sede"