João: agravo e pudor

21:52 Lauana Buana Fidêncio 0 Comments

Mastigava a palavra com fúria
A propósito de certa ordenaça

A palavra adocicava na boca
Certas e gratas volúpias

A palavra restava na língua
Doce deleite entredentes,
Sumarento sofrer de Marias

Menos que alada a palavra
De gosto cendrado entrementes,
Em havendo na alma, mordia

E no dia seguinte,
João de torna-viagem,
Dos céus mais amargo viria...

0 comentários: