O Leon é a minha vanguarda II

20:45 Lauana Buana Fidêncio 3 Comments

QUARTA-FEIRA, 26 DE MAIO DE 2010


Você soube de ontem?


Nada do que passa pleno, à nossa falta,
Faz gerir frutos de maldade a nossa criação.
Nada do vil boteco e nada da rua de Shalon.
Poucos são feitores e abastam o tempo velho,
Esses possuem relógios nos braços e conferem sua vida.
Examinadores sociais, atalaias e quadrantes cobertos à fofoca.

Sabe a Lauana Fidêncio?
Tá presa. Homicídio.
Pelo visto foi ontem.
Fiquei sabendo hoje.

Da janta o gosto de cagá-la e dizer:
Vivo! Como é bom saber que eu cago.
Um vivo que aplaude secreções e está apto
Para gerar proveito de sua energia conseguida,
O homem gosta de alimentação,
Mas esse é o fato animal,
O homem animal que vai amplificando os métodos de interação pró comer.
Isso denota o porque dos seres as vezes serem hostis ou sectarista.

A Lauana tá presa...
Muito crack.

A chave era:
“Um povo viciado, uma população controlada”.
TV.
Presidencialismo.
Muitos juram sermos escribas políticos pelo uso de termos capitalistas,
Mas atestamos o fato que meu outro colega de escrita vai explicar:
“Somos ali do povo, ficamos pelas praças, mas se for pra analisar a poética social,
Ela é visivelmente invadida por quem governa,
A gente pode até não ser político, mas sem querer a política entra na onda de ser poética.
Pra muito brasileiro a culpa é do juiz de futebol e do presidente.
Basta notar que realmente eles possuem o dom de mover a massa.
E se estão num lugar que não dá pra falar que errou,
Icha!"

Ontem a Lauana matou a mãe por causa da novela.
Ela chegou, aproximou da filha e sugeriu:
“Que você acha de a gente ver pelo Google o final da novela como vai ser?”.
Lauana desferiu várias pancadas com a televisão e logo depois escondeu a TV.

Tem como sentar numa praça e ficar pensando em nada?
Mas e quando o rapaz rouba a moça?
E quando por todos os dias você vê:
Gente chorando.
Rindo,
Em performance,
Reclamando,
Se jogando no “Busa”,
Se tirando e tirando os outros,
Manifestando incoerências,
Hipocritismo,
E pra muitos isso é gerado,
E nós dizemos ser isso relação de convívio.
Quando foi pra nascer deu aquele tapa!
Quando foi batizar afogou mesmo o menino!

Lauana Causa incidente diplomático quando em conferência no México assume ter feito, no México, uma operação clandestina de mudança de sexo, após vários dias sobre uso indiscriminado de Peiote e Baba de anjo.

Os seres mais belos de uma praça são os que fazem ações como se estivessem sozinhos.
Pelo método de analisar piamente o mundo,
Eles realmente fazem 24hs de ações para eles mesmos,
Ruas são ruas,
Tempo pelo descanso,
“Tái-me” de almoço.
O pombo é o bicho do alvoroço.
Um troço esquisito é cidade.

Após publicação genocida Lauana Fidêncio,
Passando agora pelo júri de Haia;
Por ter condenado a vida de um Bilhão de pessoas no mundo
E todas as pessoas que falam português,
Pra você a morte três vêis.


POSTADO POR VELHARIA ÀS 21:25
1 COMENTÁRIOS:

Lauana Fidêncio disse...

Ahhhhhhhhh vc é sempre taum condescendente comigo!!! Amei demais Leon, quase chorei, mas chorar seria meio incoerente com a minha postura de ser cruel!!

Curti demais, mas num espalha muito q eu fui no México pra fazer mudança de sexo: é segredo!!!

E quando a gente se vê, precisamos genocidar muita gente ainda irmão??!!!
28 DE MAIO DE 2010 11:39

3 comentários:

Velharia disse...

E olha que nem coloquei o incidente na aula de francês! Um abração ser à-toa.

Lady Salieri disse...

Ninguém nunca vai esquecer desse incidente da aula de francês XD

hahahaha...boa.