Vendem-se verduras

18:50 Lauana Buana Fidêncio 4 Comments

4 comentários:

Dom Veronez disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dom Veronez disse...

Acredito que um título pode ser considerado "outro poema" (em aspas mesmo), mas, desde que esse titulo não tenha uma ideia fora do conjunto todo do poema, se não, n seria titulo e sim, seria outro poema (aqui sem aspas, por diferenciar um pouco daquele já dito, e no seu sentido primeiro), e se é outro poema (ainda pensando nesse sentido e sem as aspas), teria de estar em outro lugar...

Tbm n acho q a ou as palavras do titulo tenham de ser as mesmas que já existam no poema (como eu fazia nas minhas produções antigas), mas acho que deve(m) ter, pelo menos, um sentido (claro que para o poeta fabricador) que resuma ou abarque ou complete o poema ao qual esse titulo é filiado. =]

No mais, gostei mto desse poema, lesgal demais. Só sobre o titulo q faço essa ressalva, mas se há um sentido para ele estar ai, ótimo, apenas gostaria de saber qual é. ;)

Bjus alternativa!

Velharia disse...

Pessoas vivem de títulos, não conseguem fugir da nessecidade de contar sobre o que falam, ainda bem que não faz isso. P.S: Sentido claro é olho aberto e boa leitura de mundo, título que dá as coisas é puta, dá e cobra necessidade de rumo. Me pergunto:
O que é surrealismo? Onde foi que não viram ele.

olá luana. parabéns pelos poemas. desde o varal do lançamento dos 13 poemas que admiro-os. cada um é centelha.

abraço!