Quase Kafkiana I

22:11 Lauana Buana Fidêncio 1 Comments

Permanece no peito
A impermanência dos Ocasos...

1 comentários:

Muito bom!!
Sempre estamos querendo prender o dissipável...